Avisos

Pocket Opera La Bohème de Puccini – 04/2006

Nesta última segunda-feira, dia 3 de abril, a série Concertos no Templo 2006 apresentou ” La Bohème”, Pocket Opera em quatro atos de Giacosa e Illica, música de Giacomo Puccini. Com casa cheia, todos os presentes apreciaram e se emocionaram ao assistir a apresentação da obra.

Agradecemos a todos que colaboraram para que este espetáculo fosse possível.

SINOPSE DO ESPETÁCULO

Ato I

Paris, Noite de Natal, ca. 1830. Em seu apartamento no Quartier Latin, o poeta Rodolfo tenta escrever um artigo para o jornal Castoro, enquanto seus amigos Marcello e Colline o esperam na portaria. Ouvem-se batidas na porta: uma vizinha, Mimí, diz que sua vela se apagou e ela está sem luz. Ao entrar no apartamento de Rodolfo, Mimì se sente mal. Oferecendo seu vinho quando ela melhora, Rodolfo reacende a vela de Mimì, que se despede. Ao chegar na porta, ela percebe que perdeu a chave de seu apartamento. As duas velas se apagam e os dois começam a procurar a chave no escuro. Sob a luz da lua o poeta pega a mãozinha gelada de Mimì, contando-lhe sobre seus sonhos. Ela conta a ele sobre sua vida solitária, confeccionando flores artificiais. Os amigos de Rodolfo chamam pela janela e, abraçados, Rodolfo e Mimì saem para o Café Momus.

Ato II

Mimì e Rodolfo encontram Marcello e Colline no Café Momus, todos estão se divertindo quando Musetta, amante de Marcello, aparece no café Momus com o velho Alcindoro. Tentando chamar a atenção do pintor ela canta uma valsa sobre sua popularidade. E para livra-se do velho simula uma dor no pé, pedindo a Alcindoro que lhe arranje novos sapatos, pois aqueles estão muito apertados. O velho vai buscá-los e ela se joga nos braços de Marcello. Ao chegar a conta, todos vão embora, se escondendo na Ritirata, deixando tudo para Alcindoro pagar.

Ato III

Está muito frio em Paris. Mimì procura a taverna onde Marcello e Musetta estão morando. Ela está desesperada com o ciúme de Rodolfo e pede ajuda ao melhor amigo dele. Marcello aconselha a separação, pois duas pessoas como eles não podem viver juntos. Ela concorda e mais uma vez pede que Marcello ajude a convencê-lo. Rodolfo, que estava dormindo na taverna, acorda e sai. Mimì se esconde e Marcello acredita que esta se foi. Pressionado pelo pintor, Rodolfo revela que quer se separar dela não por ciúmes, mas porque ela está muito doente, com tuberculose, e ele não pode ajudá-la, pois não tem dinheiro e seu apartamento é muito frio. Mimì ouve e chora desesperadamente revelando sua inesperada presença ao poeta, que tenta confortá-la. Ouve-se então a risada de Musetta e, furioso, Marcello entra para ver o que está acontecendo. Mimì e Rodolfo, após a triste decisão da separação, decidem ficar juntos até a primavera, pois o inverno é muito frio para estarem sozinhos. Enquanto isso, Marcello e Musetta se atracam porque o pintor a acusa de estar se insinuando para seus alunos de canto.

Ato IV

Alguns meses depois, Rodolfo e Marcello conversam enquanto trabalham. Um alfineta o outro contando coisas sobre Musetta e Mimì. Mesmo fingindo não ligarem acabam admitindo para si mesmos a falta que elas fazem. De repente, entra Musetta desesperada, dizendo que Mimì está na escada e não consegue subir, pois passa muito mal. Enquanto Musetta narra o que aconteceu ao encontrar Mimì se arrastando pela rua, Rodolfo a acode. Mimì implorou a Musetta que a levasse para morrer junto de seu amor. Como não há nada em casa, Musetta oferece seus brincos para venda. Ela e Marcello partem. Colline também decide vender seu casaco para tentar ajudar e se vai. Sozinhos, Mimì e Rodolfo relembram seu primeiro encontro e fazem novas juras de amor. Subitamente Mimì é tomada por um acesso de tosse. Quando todos retornam, Musetta dá a Mimì seu último desejo, uma pele para aquecer suas mãos, e reza à Virgem por sua vida. Mimì morre silenciosamente e, pouco a pouco, os amigos percebem que ela se foi. Quando Rodolfo descobre, atira-se desesperadamente sobre ela, gritando seu nome.

La Bohème
de Giacomo Puccini (1858- 1924)

Ficha Técnica

Mimi: Priscila Zamlutti
Rodolfo: Eric Herrero
Musetta: Tati Helene
Marcello: Victor Sgarbi
Colline: Júlio Pavanello
Alcindoro : Adilson Mendes
Garçom: Tadeu Henrique

Direção Musical e Piano : Maria Rasetti
Direção Cênica : Mauro Wrona
Narração: Sérgio Casoy
Produção: Anna do Lago

Legendas: LuxOpera
Operadora de legenda: Louise Santos
Operadora de luz: Débora Nakano
Desenho da Musetta: Diana Helene
Contra-regras: Tadeu Henrique (responsável)
Evandro Anchieta de Oliveira

Fotos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques

Meishu Sama

Johrei

Aulas do Reverendo Nakahashi

Templo Luz do Oriente

Construção da Torre de Miroku