Avisos

Agrotóxicos causam mortes e doenças

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, 3 milhões de pessoas são intoxicadas em todo o mundo

Ângela Vargas
de Curitiba (PR)

Os olhos verdes que espiam na fresta da velha janela de madeira nos levam a imaginar uma criança saudável e esperta. Esperamos ver seu todo, com a curiosidade de quem recebe um olhar furtivo. No entanto, Daniel tem a pele do rosto, braços e pernas marcado pelo veneno que seu pai usa na lavoura de fumo que vem beirar a janela da pequena casa sem reboco onde vive a família de oito filhos.
Essa é a realidade de milhares de famílias camponesas nos países da América Latina. A contaminação por agrotóxico apresenta níveis alarmantes, que não são publicados, porque certamente prejudicariam as grandes empresas que controlam esse mercado e lucram valores inimagináveis com famílias como a de Daniel, que nem ao menos associa as feridas que não curam ao uso dos venenos.
Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), em todo o mundo, 3 milhões de pessoas sofrem intoxicações agudas por agrotóxicos, sendo destes, 2,1 milhões de casos nos países em desenvolvimento. Os especialistas calculam que o número de mortes chegue a 20 mil, sendo 14 mil somente nas nações do terceiro mundo.

Complicações

Os resultados são problemas respiratórios, gastrointestinais, distúrbios musculares e debilidade motora, problemas oculares, no sistema respiratório, cardiovascular, neurológico e efeitos cutâneos, que são sentidos em curto e longo prazo, dependendo da continuação e exposição.
O Brasil está entre os maiores usuários de agrotóxicos, perdendo apenas para a Holanda, Bélgica, Itália, Grécia, Alemanha, França e Reino Unido, segundo dados do Sindicato Nacional das Indústrias de Defensivos Agrícolas. Uma crescente preocupação refere-se à contaminação do solo e posteriormente das águas que são utilizadas para o consumo humano.
A contaminação vai além dos alimentos saudáveis cultivados pelos produtores orgânicos. A aplicação indiscriminada de agrotóxicos agride a saúde humana e os ecossistemas naturais. Em cadeia, os resultados são sentidos por quem aplica os produtos, pelos habitantes das áreas próximas onde estes são aplicados e por quem consome os alimentos contaminados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques

Meishu Sama

Johrei

Aulas do Reverendo Nakahashi

Templo Luz do Oriente

Construção da Torre de Miroku