Avisos

Culto Mensal de Ação de Graças – 10/2007

Significado das Oferendas

Através das oferendas, simbolizadas por alimentos, dados a nós pela Grande Natureza, provenientes da montanha, do campo, do rio e do mar, expressamos afetuosamente o nosso mais sincero sentimento de gratidão a Deus.

Esta cerimônia evidencia também a real importância do valor da vida e da Luz de Deus, a autêntica essência da energia espiritual, que nos sutenta, protege e eleva.

Objetivo

O culto mensal de Ação de Graças do Templo Luz do Oriente é oficiado no primeiro domingo de cada mês, em agradecimento pelas dádivas que diariamente recebemos.

É também a oportunidade para pedirmos a Deus e Meishu Sama força e coragem a fim de podermos dedicar-nos com amor à concretização do Plano de Deus na Terra, tornando-nos instrumentos cada vez mais puros de canalização do Johrei.

A intensidade da Luz que envolve nossas almas, neste dia, tem um poder infinitamente amplo manifestado em sublimes vibrações de harmonia, verdade e justiça.

É pois, muito importante, nesta data, a participação devota e irrestrita de todos os membros e frequentadores.

Fotos

Salmo

Kami no Shimobe

Ai wo toki
jihi satosutote okonai no
tomona wa zareba hama no matsukaze.

 

Kami naranu
hito no mitoshite keikei ni
hito no zen aku sabaku beshiya wa.

 

Wagakonomi
hito ni shiuruna shiirareba
jiyuu2 wa Kami no tamamo no nareba.

 

jihi – lê-se / djirri / 2 jiyuu – lê-se / djiyuu /

 

 

Servo de Deus

Ensinar amor
e misericórdia, e não praticá-los
é como o farfalhar do pinheiro na praia.

 

Não podes julgar
futilmente o bem ou mal do outro.
Não te imagines um Deus; és apenas homem.

 

A liberdade
é dádiva divina. Nunca imponhas
teus gostos nem aceites preferências de alguém.

Ensinamento

O Destino Humano

 

Oficiante: Desde a antigüidade, o homem vem atribuindo ao destino todos os seus males. E, por achá-lo imutável, conforma-se diante da fatalidade. Eu, porém, quero ensinar-lhes que cada pessoa é livre para mudar a sua sorte. Na verdade, somos nós mesmos que traçamos o nosso destino, de acordo com a nossa evolução espiritual. Conforme o nível de aprimoramento pessoal conseguimos eliminar o pessimismo, dando lugar ao otimismo.

Todos: Muito natural também que todos desejem a felicidade e empreendam incontáveis esforços para alcançá-la. No entanto, poucos conseguem realmente atingi-la. Se considerarmos a humanidade inteira, acredito que nem um por cento vive em harmonia e paz. De fato, a maioria permanece desencorajada, perdida e acaba partindo para o mundo espiritual, sem ter encontrado o verdadeiro caminho da felicidade.

Oficiante: Diante de tão lamentável perspectiva, qual deve ser a atitude dos seres humanos? Em primeiro lugar promover o bem, pois “quem semeia virtudes, colhe virtudes”; “quem propaga o mal, recebe o mal”. As pessoas devem, portanto, parar de correr atrás de seus próprios desejos e apetites. Ao contrário, precisam praticar sempre boas ações procurando não prejudicar os outros nem fazê-los sofrer.

Todos: Torna-se, então, urgente que cada um busque a felicidade de todos e deixe para sempre, e bem longe de si, o egoísmo. Ser deveras feliz significa, portanto, pensar altruisticamente no bem do próximo. Só é possível, contudo, alcançar esse estado de plena bem-aventurança quando se consegue viver de acordo com os princípios da verdadeira fé.

Oficiante: Reino do Céu no Coração

O Reino do Céu deve ser criado primeiramente no interior de cada coração humano. Uma vez aí estabelecido, estender-se-á sobre a família e as demais circunstâncias da vida. Então, se cada pessoa estiver imbuída desse estado de bem-aventurança, o país e o mundo serão transformados num ambiente de verdadeira felicidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques

Meishu Sama

Johrei

Aulas do Reverendo Nakahashi

Templo Luz do Oriente

Construção da Torre de Miroku