Avisos

Culto Mensal de Ação de Graças – 01/2009

Significado das Oferendas

Através das oferendas, simbolizadas por alimentos, dados a nós pela Grande Natureza, provenientes da montanha, do campo, do rio e do mar, expressamos afetuosamente o nosso mais sincero sentimento de gratidão a Deus.

Esta cerimônia evidencia também a real importância do valor da vida e da Luz de Deus, a autêntica essência da energia espiritual, que nos sutenta, protege e eleva.

Objetivo

O culto mensal de Ação de Graças do Templo Luz do Oriente é oficiado no primeiro domingo de cada mês, em agradecimento pelas dádivas que diariamente recebemos.

É também a oportunidade para pedirmos a Deus e Meishu Sama força e coragem a fim de podermos dedicar-nos com amor à concretização do Plano de Deus na Terra, tornando-nos instrumentos cada vez mais puros de canalização do Johrei.

A intensidade da Luz que envolve nossas almas, neste dia, tem um poder infinitamente amplo manifestado em sublimes vibrações de harmonia, verdade e justiça.

É pois, muito importante, nesta data, a participação devota e irrestrita de todos os membros e frequentadores.

Fotos

Salmo

Tenchi Kaimei

Nagaki yo no
yami no tobari mo shizushizu to
ake ha narekeri manako samaseyo .

 

Ubatama no
yami yo ni nareshi hito no me ni
mabayukaruran Kami no hikari wa.

 

Koomyoo wa
haya sashisomenu2 morobitoyo
kokoro no tobira uchi3 hirake kashi.

 

Ookami wa
ame tsuchi4 momo wo sumi kiyome
risoo sekai wo uchi3 tatemasuran5.

 

Chirihodo no
tsumiya kegare mo kakusarenu6
miyo wo suishoo sekai to iu naru.

 

1samaseyo – lê-se / samasseyo /
2 sashisomenu – lê-se / sashissomenu /
3 uchi – lê-se / utchi / 4 tsuchi – lê-se / tsutchi /
5 tatemasuran – lê-se / tatemassuran /
6 kakusarenu – lê-se / kakussarenu /

 

 

Claridade do Céu e da Terra

Homens, despertem!
Foi aberta silenciosamente
a cortina da interminável noite de trevas.

 

Olhos humanos,
acostumados com a noite do mundo,
ficam ofuscados sob o poder da Luz de Deus.

 

Abram, oh! homens,
completamente a porta do coração.
Intensa Luz divina já começou a brilhar.

 

O Supremo Deus
vai purificar o Céu e a Terra.
Tudo límpido, surgirá o mundo ideal.

 

A esse mundo,
cristalino eu chamo, porque não esconde
a menor partícula de pecado ou mácula.

Ensinamento

Preparo para Grandes Missões

 

Dá para perceber que, muitas vezes, Deus emprega meios especiais para aprimorar a alma daqueles com importantes missões a cumprir. Entre esses recursos, está o controle da ira como uma das maiores provações. Então, as pessoas de fé, quando oprimidas por circunstâncias humilhantes, devem saber que foram escolhidas por Deus para um trabalho especial. Se conseguirem enfrentar o ultraje sem perder a calma nem ficar iradas, é sinal de que já ultrapassaram uma considerável etapa do aprimoramento necessário para cumprir a missão a elas atribuída na Obra Divina.

 

Um exemplo marcante

 

Um exemplo digno de nota sobre o controle da ira é a história de Buei Nakano, presidente da Associação do Comércio, durante a Era Meiji. Esse homem jamais se irritava por mais grave que fosse o problema enfrentado. Certa vez, perguntaram-lhe de onde vinha tamanha paciência. Respondendo, ele contou o seguinte fato: sempre costumava irritar-se com muita facilidade até que, certo dia, foi visitar um famoso homem de negócios, chamado Eichi Shibusawa. Enquanto esperava ser anunciado, ouviu-o discutindo com a esposa no aposento contíguo. Informado, porém, da sua presença, Shibusawa imediatamente abriu a porta corrediça e entrou logo a seguir. Nakano ficou surpreso ao ver-lhe a fisionomia serena sem o menor vestígio de alteração. A partir daquele momento, sentiu ter descoberto o segredo do enorme êxito de Shibusawa nos negócios: o seu poder de controlar a ira. Daí por diante, Nakano compreendeu que deveria aprender a dominar a própria irritação com a mesma facilidade. Começou, então, a aplicar-se nesse sentido e tudo passou a correr bem, permitindo-lhe, inclusive, ocupar um cargo de grande destaque durante o período Meiji.

Por isso, procurem controlar a ira. E, quando enfrentarem situações humilhantes, lembrem-se de que Deus os está aprimorando. Eis a verdadeira atitude espiritual do homem de fé.

 

Evitar precipitações

 

Analisadas em profundidade, a entrada e a causa da derrota do Japão na Segunda Guerra Mundial deveram-se ao fato de os dirigentes terem imposto uma solução política contrária à ordem natural.

Ser, portanto, precipitado ou cultivar irritação leva à perda de serenidade e impede o surgimento de idéias adequadas, além de agravar situações que poderiam ser solucionadas com mais acerto e rapidez, sem causar grandes prejuízos à humanidade. Por conseguinte, é mais sábio agir somente quando surgirem soluções ou planos infalíveis que resultem de uma reflexão profunda.

Ensinamento de Meishu Sama publicado no Livro “Evangelho do “Céu – volume I – Iniciação”, página 64

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques

Meishu Sama

Johrei

Aulas do Reverendo Nakahashi

Templo Luz do Oriente

Construção da Torre de Miroku