Avisos

Culto Mensal de Ação de Graças – 06/2009

Significado das Oferendas

Através das oferendas, simbolizadas por alimentos, dados a nós pela Grande Natureza, provenientes da montanha, do campo, do rio e do mar, expressamos afetuosamente o nosso mais sincero sentimento de gratidão a Deus.

Esta cerimônia evidencia também a real importância do valor da vida e da Luz de Deus, a autêntica essência da energia espiritual, que nos sutenta, protege e eleva.

Objetivo

O culto mensal de Ação de Graças do Templo Luz do Oriente é oficiado no primeiro domingo de cada mês, em agradecimento pelas dádivas que diariamente recebemos.

É também a oportunidade para pedirmos a Deus e Meishu Sama força e coragem a fim de podermos dedicar-nos com amor à concretização do Plano de Deus na Terra, tornando-nos instrumentos cada vez mais puros de canalização do Johrei.

A intensidade da Luz que envolve nossas almas, neste dia, tem um poder infinitamente amplo manifestado em sublimes vibrações de harmonia, verdade e justiça.

É pois, muito importante, nesta data, a participação devota e irrestrita de todos os membros e frequentadores.

Fotos

Salmo

Tengoku to Jigoku

Me ni miyuru
mono nomi shirite me ni mienu
mono shiranu koso makoto no meshiizo.

 

Shuuchaku2 to
kiri naki yoku no shigarami ni
mi mo tamashii mo horoburu narikeri.

 

Nagaki yo wo
mayoi mayoite kitsuru ware
Kami no hikari ni mezameshi ureshisa3.

 

Yume to nomi
omoishi sachi4 no mazamaza to
me ni miyuru nari namida afururu.

 

Kurakarishi
kono utsushi yo mo itsukashira
akaruku narinu ware sukuwarete yori.

 

1 koso – lê-se / kosso / 2 shuuchaku – lê-se / shuutchaku /
3 ureshisa – lê-se / ureshissa / 4 sachi – lê-se / satchi

 

 

Céu e Inferno

Somente olhos
ter para aquilo que pode ser visto,
não enxergar além, eis o verdadeiro cego.

 

Corpo e alma
serão sempre destruídos por apegos
ilimitados e apetites incontáveis.

 

Depois de longo
tempo perdido e confuso, despertei
pela Luz de Deus. Sinto-me, realmente, feliz!

 

Lágrimas enchem
meus olhos, ao expressarem, com clareza,
a felicidade que pensei ser apenas sonho.

 

Este escuro
Mundo Material, a partir do dia
em que alcancei a salvação, ficou mais claro.

Ensinamento

ENSINAMENTO DE MEISHU SAMA

“Concretização do Reino do Céu na Terra”

 

Agora já está bem próximo o momento da criação da nova cultura. Torna-se, pois, necessário o conhecimento pormenorizado de toda a grandiosidade do Plano Divino para a Era do Dia. Uma vez que, para concretizá-lo, Deus vai usar o ser humano, fica muito evidente a razão do surgimento da Messiânica e de eu ter recebido a incumbência de ser o executor de tão grandiosa obra cujo objetivo visa ao estabelecimento na Terra do Reino do Céu. Por esse motivo a cada instante, o Criador me revela detalhes, e eu os vou executando conforme os Seus desígnios. Assim é que, da cultura atual, ficarão apenas os elementos úteis à nova vida; alguns deles terão de passar por transformações. Todos os demais causadores de maldades vão sofrer implacável extermínio. Esses acontecimentos corresponderão, portanto, a situações terríveis e, ao mesmo tempo, contraditoriamente maravilhosas. Será o momento muito especial de demonstração clara do infinito amor de Deus por todas as criaturas que vivem de acordo com a Sua Vontade.
Nenhum outro é, pois, o objetivo fundamental da Messiânica, a não ser a criação do Reino do Céu na Terra. Para tanto, cada ser humano precisa ser transformado, tornando-se assim apto a viver num plano ideal. No momento em que a humanidade inteira atingir essa qualificação, será concretizado aquele mundo de Verdade, Virtude e Beleza, isento de doenças, misérias e conflitos, cujos alicerces estão propostos nos Ensinamentos a mim revelados por Deus.

A verdade através dos Ensinamentos

Ao serem anunciados os Ensinamentos como revelação direta de Deus Criador, os materialistas os atacam e os rejeitam. Não deixo, porém, de dar razão a eles, pois, durante séculos, a humanidade só teve experiências culturais, ora fundamentadas no espiritual, ora no material. Fica difícil, por isso, aceitar, de imediato, uma Nova Cultura que não se inclina para nenhum dos dois lados.

De outra parte, o ser humano ainda se depara com uma situação de dualidade. De um lado, há aqueles que criticam os materialistas, colocando-os numa condição inferior, por acreditarem ser a busca da satisfação espiritual uma atitude mais elevada; daí contentarem-se apenas com dogmas e teorias elaborados intelectualmente por meio de palavras difíceis. Tal postura religiosa, entretanto, não possibilitou até hoje a salvação da humanidade; ainda permanece no plano teórico, distante da prática.
Por outro lado, os materialistas, voltados apenas para o concreto, não acreditam no invisível e afirmam ser superstição tudo o que foge ao plano físico. Negam, por isso, a existência de Deus. Assim vivem as maiorias dominantes. Os políticos do Japão, por exemplo, quando entram em contato com a Messiânica, julgam-na extremamente supersticiosa e lançam críticas através da impressa falada e escrita. Há, inclusive, alguns grupos que proíbem as pessoas de se aproximarem de nós. Por sua vez, o povo, enganado, não consegue compreender a verdade por nós divulgada; fica receoso e não faz referência alguma à Messiânica.
Então, observando mais atentamente os fatos, podemos perceber que a maioria dos intelectuais, embora sem querer, impede a criação da nova cultura. Essa mesma atitude está presente tanto no Oriente quanto no Ocidente. Que o digam todos os precursores de idéias revolucionárias!
Interessante notar também o aparecimento de algumas teorias um pouco acima do nível da época. Se tiverem por base os conceitos da cultura atual, são sempre bem aceitas, aplaudidas e elogiadas; para completar, os autores de tais princípios recebem, muitas vezes, até o prêmio Nobel. No entanto, quando se propõem preceitos altamente inovadores sugerindo mudanças nas posturas preestabelecidas, seus autores são vítimas de perseguições e ataques cruéis, chegando, muitas vezes, a fatalidades irreversíveis. Foi o que aconteceu com Jesus, Sócrates, Galileu, Copérnico, Lutero, além de outros.
Imaginem, então, os Ensinamentos da Messiânica! São conceitos bem mais revolucionários que os dos meus predecessores. Estão dois séculos à frente dos conhecimentos vigentes. Por isso, quem os ouve pela primeira vez, se estiver dominado pela cultura atual, fica boquiaberto e nem tenta verificar a possibilidade de serem verdadeiros; de imediato, já os coloca no campo da superstição. Entretanto, apesar das críticas adversas, acrescidas da opressão das autoridades e de inúmeros caminhos espinhosos, a construção do Reino do Céu na Terra progride além das expectativas. Poderá haver fundamentação maior que essa para sua veracidade?
Daí também a razão de eu afirmar, sem a menor sombra de dúvida, que as ocorrências dentro da Messiânica não podem ser facilmente entendidas e aceitas pela mera lógica humana. Como explicar, por exemplo, o fato de uma pessoa absolutamente comum, ao se tornar mamehito, ser capaz de operar verdadeiros milagres, tal qual os grandes mestres registrados pela história da humanidade? Além disso, a verdade que divulgo desperta a alma, dá sentido à vida, tornando-a mais feliz.
Ao conhecer os Ensinamentos a mim revelados por Deus, qualquer pessoa consegue transformar o seu cotidiano e passa a ter alegria no coração. Também, por vislumbrar um futuro mais promissor, adquire tranqüilidade e paz verdadeiras. Inclusive, com o passar do tempo, até a aparência física se torna melhor; o rosto passa a transmitir a beleza divina pelo fato de ter ocorrido uma intensa purificação do sangue que, por sua vez, determinou o fortalecimento da saúde. Acontece inclusive uma melhora da personalidade, pois a pessoa se torna virtuosa, desaparecem-lhe as preocupações; sua credibilidade aumenta e ela passa a agir como um autêntico habitante do Mundo Divino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques

Meishu Sama

Johrei

Aulas do Reverendo Nakahashi

Templo Luz do Oriente

Construção da Torre de Miroku