Avisos

Culto Mensal de Ação de Graças – 12/2009

Significado das Oferendas

Através das oferendas, simbolizadas por alimentos, dados a nós pela Grande Natureza, provenientes da montanha, do campo, do rio e do mar, expressamos afetuosamente o nosso mais sincero sentimento de gratidão a Deus.

Esta cerimônia evidencia também a real importância do valor da vida e da Luz de Deus, a autêntica essência da energia espiritual, que nos sutenta, protege e eleva.

Objetivo

O culto mensal de Ação de Graças do Templo Luz do Oriente é oficiado no primeiro domingo de cada mês, em agradecimento pelas dádivas que diariamente recebemos.

É também a oportunidade para pedirmos a Deus e Meishu Sama força e coragem a fim de podermos dedicar-nos com amor à concretização do Plano de Deus na Terra, tornando-nos instrumentos cada vez mais puros de canalização do Johrei.

A intensidade da Luz que envolve nossas almas, neste dia, tem um poder infinitamente amplo manifestado em sublimes vibrações de harmonia, verdade e justiça.

É pois, muito importante, nesta data, a participação devota e irrestrita de todos os membros e frequentadores.

Fotos

Salmo

Eichi

Yami no michi
yasuku2 yukanan Kami no fumi
anai ni makoto no tsue tsukinagara.

 

Shin no chie 3
ai no hikari ni afuretaru
hito no yo ni izuru Miroku no miyo kana.

 

Shinkoo wa
makoto no chie 3 nari satori nari
satori nakushite kansha umarezu.

 

Hito no yo no
momo no kurushimi kiwamureba
muchi4 ga motonaru koto wo shirikeri.

 

Kami no fumi ni
shitashimi ni tsutsu susumu miwa
mayoi no michi1 ni fumiiru kotonaki.

 

1 michi – lê-se / mitchi / 2 yasuku – lê-se / yassuku /
3 chie – lê-se /
tchie / 4 muchi – lê-se / mutchi /

 

Sabedoria

Pela Verdade
guiados; firmes na bengala do makoto,
percorreremos, tranquilos, escuros caminhos.

 

Seres humanos
transbordantes de chie, luz e amor
habitarão o verdadeiro Mundo de Miroku.

 

Sabedoria
ter; iluminação atingir é preciso,
para gratidão e fé autênticas manifestar.

 

A ignorância
é, realmente, a causa mais profunda
de todos os sofrimentos da humanidade.

 

Constante amor
dedicar aos divinos Ensinamentos,
sem risco de erro, ao aprimoramento conduz.

Ensinamento

ENSINAMENTO DE MEISHU SAMA

Surgimento Natural do Tie

 

Para mim o tie surge com muita naturalidade, pois todas as minhas idéias advêm desse poder. Importante também observar que fica sempre a impressão, quando se fala sobre sabedoria, de que é o ser humano quem observa, analisa, sabe. Na verdade, entretanto, tudo resulta do poder do tie, o qual nem eu mesmo o tenho, porque não penso. Corresponde, porém, a um conhecimento que brota de repente quando vou, por exemplo, orientar um trabalho. Então, num lampejo de clareza, as ideias me vêm à cabeça e eu fico sabendo tudo o que deve ser feito. Isso, na realidade, não constitui mérito da minha sabedoria, mas um esclarecimento dado por Deus. Em suma, é myochi, poder misterioso de Kannon, para o qual não existe uma explicação inteligível.

Essa minha aptidão para discernir com rapidez justifica também as possibilidades de concluir, em curto espaço de tempo, qualquer trabalho que realizo.

Fé e sabedoria

Não adianta apenas ter fé, rezar, acreditar em algo. É preciso sabedoria. Geralmente as religiões não dão muita importância a um princípio tão fundamental.

Com respeito a esses dois pontos essenciais — fé e sabedoria — Sakiyamuni falava em níveis de tie. Ele chamava de kakusha ao homem despertado, que já trabalha num certo nível de consciência; ou seja, um bodhisattva; e denominava daikakusha, ao homem que atingiu um grau superior, inteiramente despertado; também pode ser chamado de nyorai (palavra originada do sânscrito tatagata). Por essa razão, satori (iluminação) é o mesmo que tie, porque o homem iluminado tem sabedoria.

Manutenção da pureza mental

Há pessoas que têm uma capacidade de percepção muito rápida e descobrem a causa dos problemas facilmente. Essas são kakusha; têm poucas nuvens na mente. Então, para tornar-nos um kakusha, precisamos diminuir as nuvens, polindo o espelho da mente.

Por outro lado, a fim de mantermos sempre a pureza do espelho, a melhor maneira é ler bastante os Ensinamentos. Muitas vezes acontece de, na primeira leitura, não conseguirmos compreendê-los; revendo-os, porém, após algum tempo, descobrimos coisas maravilhosas; inclusive a solução do problema que não entendíamos aparece de forma clara e precisa. Isso significa que nos primeiros contatos com os Escritos Sagrados ainda tínhamos nuvens na mente, as quais pouco a pouco, leitura após leitura, foram sendo eliminadas. Dessa forma, a capacidade para compreendê-los foi ficando melhor, porque ocorreu a limpeza das máculas.

Vocês poderão notar que Deus permite bons resultados, quando um doente nada entende de Johrei chegando mesmo a duvidar, a contrariar, ou a recebê-lo apenas como experiência, para comprovar. Nesse caso, existe lógica. Mas, quem já ouviu muito sobre os Ensinamentos tendo, inclusive, ingressado na fé e ainda duvida, não conseguirá curas, nada lhe correrá bem. Vejam que existe uma razão clara para essa situação. Frequentemente acontece, por isso, de pessoas que nada sabem, ou têm muitas dúvidas sobre Johrei obterem, com rapidez, bastante êxito. Por outro lado, aquelas que acreditam relativamente, embora já tendo assistido a muitas curas, não conseguem bons resultados. Isso acontece por causa dessa lógica à qual me refiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques

Meishu Sama

Johrei

Aulas do Reverendo Nakahashi

Templo Luz do Oriente

Construção da Torre de Miroku