» » » Culto Mensal de Ação de Graças e Cerimônia do Risshun – 02/2011

Culto Mensal de Ação de Graças e Cerimônia do Risshun – 02/2011

Significado das Oferendas

Através das oferendas, simbolizadas por alimentos, dados a nós pela Grande Natureza, provenientes da montanha, do campo, do rio e do mar, expressamos afetuosamente o nosso mais sincero sentimento de gratidão a Deus.

Esta cerimônia evidencia também a real importância do valor da vida e da Luz de Deus, a autêntica essência da energia espiritual, que nos sutenta, protege e eleva.

Objetivo

O culto mensal de Ação de Graças do Templo Luz do Oriente é oficiado no primeiro domingo de cada mês, em agradecimento pelas dádivas que diariamente recebemos.

É também a oportunidade para pedirmos a Deus e Meishu Sama força e coragem a fim de podermos dedicar-nos com amor à concretização do Plano de Deus na Terra, tornando-nos instrumentos cada vez mais puros de canalização do Johrei.

A intensidade da Luz que envolve nossas almas, neste dia, tem um poder infinitamente amplo manifestado em sublimes vibrações de harmonia, verdade e justiça.

É pois, muito importante, nesta data, a participação devota e irrestrita de todos os membros e frequentadores.

Cerimônia do Risshun

Risshun: cerimônia celebrada no dia 04 de fevereiro, data em que, no Oriente, comemora-se a chegada da primavera. Do ponto de vista espiritual, isso corresponde à chegada da Era do Dia − manifestação mais intensa de Kunitokotachi no Mikoto. O significado da comemoração do Risshun é que, a partir de 04 de fevereiro, cada um de nós recebe uma nova missão para cumprir, relativa ao ano que já teve início. Mas junto a ela, inclusive, adquirimos mais força e sabedoria, para daí podermos executá-la de modo satisfatório, podendo então colaborar efetivamente na realização da Obra divina.

Kunitokotachi no Mikoto: corresponde à denominação japonesa do Deus Ushitora que, de acordo com o Ofudesaki, manifestou-se através de Nao Deguchi — fundadora da religião Oomoto. Em épocas remotas, foi cultuado como o Deus ancestral da humanidade e governante da Terra. Devido a seu grande poder e enorme senso de justiça, sempre foi temido pelas entidades negativas.

Ushitora no Konjin Kunitokotachi no Mikoto: a mesma citada no salmo de hoje só que de forma abreviada (Tokotachi no Kami). Existe ainda outra denominação: Ushitora no Kami. Todas elas se referem, contudo, ao mesmo Deus justo — Kunitokotachi no Mikoto.

Izunome: nome de um imperador do Japão, de aproximadamente 2.600 anos atrás. Ao ver seu país invadido, mas não desejando dar início a uma guerra, Izunome fugiu para a Índia, tendo aí propagado uma doutrina que, mais tarde, serviria de base para a fundação do budismo. Seus seguidores chamavam-no Avalokitesvara (Kannon).

Juízo Final ou Julgamento: segundo Meishu Sama, “juízo significa julgamento. As pessoas imaginam que Deus virá para condená-las ou absolvê-las, mas não será assim. Conforme venho falando há tempos, até agora, vivemos no mundo da Noite, porém chegou, finalmente, o momento da transição para o Dia. Esse acontecimento iminente corresponde, na verdade, ao Juízo Final, e consistirá numa grande ação purificadora de âmbito mundial”.

Era da Noite / Era do Dia: ciclos de vida do Universo — longos ou curtos — determinados por ocorrências marcantes que variam de acordo com as circunstâncias. Partindo-se da noção noite/dia correspondente a doze horas em cada um desses períodos, dá para entender melhor. Então, noites e dias podem ocorrer, alternadamente, correspondendo a ciclos de dez, cem, mil ou três mil anos. Assim, os períodos em que reinam a paz, a prosperidade e a compreensão correspondem ao Dia e épocas com predominância de guerras, discórdias e ocorrências de muitas doenças e sofrimentos equivalem à Noite. Agora, após mais ou menos três mil anos de Era da Noite, está chegando a nova Era do Dia.

Fotos

Salmo

Ushitora no Kami

Ido nohashi ni
chawan wo oita gotoshi tote
yo wo imashimuru Ushitora no Kami.

 

Sabakaruru
hi wo shiranuge ni yoku ni hooke
uwo sawo no hitobito no mure.

 

Kono shigumi
yuute wa naraji iwazareba
narajito noritamau Tokotachi no Kami.

 

Sairin no
Kirisuto to nari kagayoite
yo ni izunome no Uzu no Ookami.

 

Tsuki hoshi no
hikari hi ni hi ni usureyuku wa
amatsu hikage no noboreba narikeri.

 

 

Deus Ushitora

Adverte o Deus
Ushitora: humanidade, estás
como uma tigela à beira de um poço.

 

Do Julgamento
não sabendo o dia, grupos humanos
com ilimitados apetites vagam sem rumo.

 

Anunciar devo
este Plano do qual nada posso dizer.
É assim que nos fala Tokotachi no Kami.

 

Vai neste mundo
brilhar o poderoso Deus Izunome
natão esperada Segunta vinda de Cristo.

 

Lua e estrelas
estão perdendo a luminosidade.
Dia a dia, vem aumentando a luz do Sol.

Deixe uma resposta