Avisos

Culto Mensal de Ação de Graças e Cerimônia do Risshun – 2 de fevereiro de 2014

Culto realizado todo 1º domingo do mês.

Significado das Oferendas

Através das oferendas, simbolizadas por alimentos, dados a nós pela Grande Natureza, provenientes da montanha, do campo, do rio e do mar, expressamos afetuosamente o nosso mais sincero sentimento de gratidão a Deus.

Esta cerimônia evidencia também a real importância do valor da vida e da Luz de Deus, a autêntica essência da energia espiritual, que nos sustenta, protege e eleva.

 

Objetivo

O culto mensal de Ação de Graças do Templo Luz do Oriente é oficiado no primeiro domingo de cada mês, em agradecimento pelas dádivas que diariamente recebemos.

É também a oportunidade para pedirmos a Deus e Meishu Sama força e coragem a fim de podermos dedicar-nos com amor à concretização do Plano de Deus na Terra, tornando-nos instrumentos cada vez mais puros de canalização do Johrei.

A intensidade da Luz que envolve nossas almas, neste dia, tem um poder infinitamente amplo manifestado em sublimes vibrações de harmonia, verdade e justiça.

É pois, muito importante, nesta data, a participação devota e irrestrita de todos os membros e frequentadores.

 

Significados

Risshun (ri = começo; (s)shun = primavera): todos os anos, em 04 de fevereiro, comemora-se o Risshun — cerimônia que marca o início da primavera no Oriente. Corresponderia ao começo da alegria, simbolizado pela presença do Sol após um período de inverno rigoroso, triste e escuro. Simbolicamente, seria um marco indicativo da aproximação da Era do Dia, depois do longo e sofrido período da Noite — o que, em sentido espiritual, corresponderia à manifestação mais intensa de Kunitokotachi no Mikoto. Então, nesse aspecto, 04 de fevereiro significa a mudança de cenário no palco do Teatro dos Três Reinos, em conformidade com o próprio Plano de Deus para o desenvolvimento da Terra no sentido de seu encaminhamento em direção à Era do Dia. Isso corresponderia à ampliação da manifestação do poder divino quanto ao aspecto de abranger áreas cada vez maiores, a partir do dia 04 de fevereiro de cada ano — o que, em consequência, tornaria sempre mais evidente a queda da atuação das forças negativas aqui no Mundo Material. O sentido da comemoração do Risshun é que, sempre a partir de 04 de fevereiro, cada um de nós estaria recebendo uma nova missão a ser cumprida, referente ao ano que teve início. Mas junto à missão que caberia a nós, estaríamos recebendo de Deus a força e a sabedoria necessárias para que a realizássemos efetiva e satisfatoriamente.

 

Ushitora no Konjin Kunitokotachi no Mikoto: a mesma citada no salmo de hoje só que de forma abreviada (Tokotachi no Kami). Existe ainda outra denominação: Ushitora no Kami. Todas elas se referem, contudo, ao mesmo Deus justo — Kunitokotachi no Mikoto.

 

Izunome: nome de um imperador do Japão, de aproximadamente 2.600 anos atrás. Ao ver seu país invadido, mas não desejando dar início a uma guerra, Izunome fugiu para a Índia, tendo aí propagado uma doutrina que, mais tarde, serviria de base para a fundação do budismo. Seus seguidores chamavam-no Avalokitesvara (Kannon).

 

Ensinamento de Meishu Sama

Leitura do Ensinamento de Meishu Sama: “Relação entre Kanzeon Bosatsu, Koomyoo Nyorai, Messias e Miroku”, livro:  Evangelho do Céu III ,  p.46

Salmo de Meishu Sama

Ushitora no Kami

 

Ido no hashi ni
chawan wo oita gotoshi tote
yo wo imashimuru Ushitora no Kami.

 

Sabakaruru
hi wo shiranuge ni yoku ni hooke
uwo sawo no hitobito no mure.

 

Kono shigumi
yuute wa naraji iwazareba
naraji to noritamau Tokotachi no Kami.

 

Sairin no
Kirisuto to nari kagayaite
yo ni Izunome no uzu no Ookami.

 

Tsuki hoshi no
hikari hi ni hi ni usureyuku wa
amatsu hikage no noboreba narikeri.

 

 

Deus Ushitora

 

Adverte o Deus
Ushitora: humanidade, estás
como uma tigela à beira de um poço.

 

Do Julgamento
não sabendo o dia, grupos humanos
com ilimitados apetites vagam sem rumo.

 

Anunciar devo
este Plano do qual nada posso dizer.
É assim que nos fala Tokotachi no Kami.

 

Vai neste mundo
brilhar o poderoso Deus Izunome
na tão esperada segunda vinda de Cristo.

 

Lua e estrelas
estão perdendo a luminosidade.
Dia a dia, vem aumentando a luz do Sol.

 

Fotos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques

Meishu Sama

Johrei

Aulas do Reverendo Nakahashi

Templo Luz do Oriente

Construção da Torre de Miroku