» » Culto Mensal de Ação de Graças – 7 de fevereiro de 2016

Culto Mensal de Ação de Graças – 7 de fevereiro de 2016

Culto realizado todo 1º domingo do mês

 

Significado das Oferendas

Através das oferendas, simbolizadas por alimentos, dados a nós pela Grande Natureza, provenientes da montanha, do campo, do rio e do mar, expressamos afetuosamente o nosso mais sincero sentimento de gratidão a Deus.

Esta cerimônia evidencia também a real importância do valor da vida e da Luz de Deus, a autêntica essência da energia espiritual, que nos sustenta, protege e eleva.

 

Objetivo

O Culto Mensal de Ação de Graças do Templo Luz do Oriente é oficiado no primeiro domingo de cada mês, em agradecimento pelas dádivas que diariamente recebemos.

É também a oportunidade para pedirmos a Deus e Meishu Sama força e coragem a fim de podermos dedicar-nos com amor à concretização do Plano de Deus na Terra, tornando-nos instrumentos cada vez mais puros de canalização do Johrei.

A intensidade da Luz que envolve nossas almas, neste dia, tem um poder infinitamente amplo manifestado em sublimes vibrações de harmonia, verdade e justiça.

É pois, muito importante, nesta data, a participação devota e irrestrita de todos os membros e frequentadores.

 

Ensinamento de Meishu Sama

Origem da corrupção”, publicado no livro: “Soonen”, p. 165 – Lux Oriens Editora

 

Salmo de Meishu Sama

 

Reimei

 

Honobono to

yo no reimei wa kitsuru nari

hingashi no hate ni manako todomeso.

 

 

Nokishita no

suzume no koe mo isamashishi

asahiko no kage sashisomete yori.

 

 

Akegarasu

nakune ni mireba sora akaku

somete kagayau asahi ko no kage.

 

 

Honobono to

hingashi no sora akarumite

reimei tsuguru kakedori no koe.

 

 

Hayasude ni

tokoyami no yo no sugikeru wo

shirade mayoeru kohitsuji no mure.

 

 

 

Aurora

 

Está chegando

o inebriante calor da aurora.

Olha, com firmeza, para o extremo Leste.

 

 

Sob os telhados,

soa, entusiasmada, a voz do pardal.

A luz da manhã está começando a brilhar.

 

 

Contempla o Céu.

O Sol brilha e tinge o horizonte

de vermelho. Escuta o crocitar do corvo.

 

 

Brota no Leste

um raio. O céu já está clareando.

Os galos cantam anunciando a aurora.

 

 

Desgarraram-se

do rebanho os cordeiros. Não percebem.

As longas trevas do mundo, há tempo, já passaram.

 

Palestra

 

Fotos

Deixe uma resposta