Home » Culto Mensal de Ação de Graças » Culto Mensal de Ação de Graças – 3 de maio de 2020

Culto Mensal de Ação de Graças – 3 de maio de 2020

Significado das Oferendas

Através das oferendas, simbolizadas por alimentos, dados a nós pela Grande Natureza, provenientes da montanha, do campo, do rio e do mar, expressamos afetuosamente o nosso mais sincero sentimento de gratidão a Deus.

Esta cerimônia evidencia também a real importância do valor da vida e da Luz de Deus, a autêntica essência da energia espiritual, que nos sustenta, protege e eleva.

 

Objetivo

O Culto Mensal de Ação de Graças do Templo Luz do Oriente é oficiado no primeiro domingo de cada mês, em agradecimento pelas dádivas que diariamente recebemos.

É também a oportunidade para pedirmos a Deus e Meishu Sama força e coragem a fim de podermos dedicar-nos com amor à concretização do Plano de Deus na Terra, tornando-nos instrumentos cada vez mais puros de canalização do Johrei.

A intensidade da Luz que envolve nossas almas, neste dia, tem um poder infinitamente amplo manifestado em sublimes vibrações de harmonia, verdade e justiça.

É pois, muito importante, nesta data, a participação devota e irrestrita de todos os membros e frequentadores.

 

 

Ensinamento de Meishu Sama lido na ocasião

Leitura do Ensinamento de Meishu Sama: “Interferências misteriosas” publicado no livro:  Evangelho do Céu vol. III – Reino Divino, p. 86, Lux Oriens Editora.

Link para adquiri a publicação: https://www.temploluzdooriente.org.br/loja/

 

Salmo

Toki

 

Sabakaruru

hi wo shiranuge ni yoku ni hooke

uwo sawo no hitobito no mure.

 

Ooi naru

rekishi no fushi wa chikayorinu

manako hirakite yo no sama wo miyo.

 

Ikizumari

yuki mo modori mo naranu yo wa

shuumatsu no yo no shirushi naruran.

 

Kusamoyuru

haru no wa itsu ni kawaranedo

utsuriyuku yo no uretaki sugatayo.

 

Toki wa ima

kigen matsu nari atarashiki

kigen ni hajimaru chijootengoku.

 

 

 

Tempo

 

Do Julgamento

não sabendo o dia, grupos humanos

com ilimitados apetites vagam sem rumo.

 

Abre os olhos!

Olha os estranhos fenômenos mundiais.

Aproxima‑se a grande mutação da História.

 

Está o homem

num beco sem saída: não vai em frente,

nem volta atrás. Nítido sinal do fim dos tempos!

 

O verde campo

primaveril, a cada ano, se refaz.

Preocupante é a transformação do mundo.

 

Do fim dos tempos,

agora é momento. Irá começar

na Terra, no século vindouro, o Reino do Céu.

 

 

Palestra

 

 

 

Fotos

 

 

Deixe uma resposta